Arte e Sustentabilidade para Gerar Energia nos Emirados Árabes

Robert Flottemesch, JenDe Nike, Johanna Ballhaus, e Adrian P. De Luca conceberam o Lunar Cubit, que foi o design vencedor para o ano de 2010 no Land Art Generator Initiative (LAGI), um concurso de design onde empresas concorrentes foram incumbidas de efetuar a fusão entre a arte e a geração de energia sustentável em um design pragmático, para uma das três posições, que foram pré-determinadas nos Emirados Árabes.

O Lunar Cubit será oportunamente localizado fora da cidade de Masdar, que tem a proposta de ser a primeira cidade do mundo a ser neutra em emissão de carbono.

A peça central do projeto é a pirâmide de 50 metros de altura, com seu exterior, inteiramente coberto por painéis solares sem moldura. A Energia absorvida pelas oito pirâmides menores é canalizada através de cabos subterrâneos para o centro da pirâmide maior, onde será conectada à rede elétrica. O Lunar Cubit deverá produzir energia suficiente para abastecer 250 residências por dia.

Mas a concorrência do evento era criar uma obra de arte em primeiro lugar, e a equipe do projeto fez a ciência e a cultura árabe, serem totalmente relevantes para a inspiração artística. As pirâmides dispostas em forma circular, vão realmente criar um calendário lunar enorme, cada um dos quais se acenderão de acordo com as fases da lua.

O calendário lunar é a base para o calendário islâmico ou muçulmano, usado em todo o mundo para determinar o momento adequado para rituais religiosos e eventos. As proporções das pirâmides correspondem aos da Grande Pirâmide de Gizé e os Cubit mesmo o nome é uma referência para o cúbito real egípcio antigo, a primeira medida de comprimento que foi gravada…………………………………. Mais

Arte e Sustentabilidade para Gerar Energia nos Emirados Árabes

Arte e Sustentabilidade para Gerar Energia nos Emirados Árabes

Arte e Sustentabilidade para Gerar Energia nos Emirados Árabes


/Posts relacionados